Visualização da Noticia

Festival de Filmes de Curta-Metragem das Escolas Públicas incentiva participação cidadã

GABRIELA MOLL E LARISSA SARMENTO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA (25/05/2017)

Aspirantes a cineastas matriculados na rede pública de ensino podem se preparar para o 3º Festival de Filmes de Curta-Metragem das Escolas Públicas de Brasília. A mostra foi lançada na manhã desta quinta-feira (25), na Residência Oficial de Águas Claras.

A colaboradora do governo de Brasília Márcia Rollemberg, presente na cerimônia, ressaltou que o festival é um indicador do compromisso de qualificar o ensino na cidade. 

Parceria entre as secretarias de Educação e de Cultura, a iniciativa integra as atividades do 50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, que ocorre de 15 a 24 de setembro. As 30 melhores produções serão exibidas durante a programação.

Os estudantes terão de 5 de junho a 3 de agosto para se inscrever no site da Secretaria de Educação. Para participar, é preciso apenas um celular, uma câmera ou uma filmadora digital e muita criatividade para transformar ideias em produções de até cinco minutos de duração.

Podem concorrer alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, do ensino médio, da educação profissional e da educação de jovens e adultos (EJA).

Neste ano, a mostra incentiva a produção audiovisual e a participação cidadã, por meio do tema Se é público, eu também sou responsável. Obras de temática livre também podem concorrer.

Festival tem nove categorias

Os filmes concorrem a prêmios em nove categorias: montagem, direção, fotografia, roteiro, ator, atriz, abordagem do tema, melhor filme pela comissão julgadora e melhor filme pelo júri popular. Os vencedores ganharão troféus e oficinas voltadas para a área do audiovisual.

A colaboradora do governo de Brasília Márcia Rollemberg, presente na cerimônia, ressaltou que o festival é um indicador do compromisso de qualificar o ensino na cidade. Ela disse que a escolha do tema “leva a juventude a pensar sobre o que acontece agora no País”.

O secretário de Educação, Júlio Gregório Filho, também participou da solenidade nesta manhã. “Atividades dessa natureza, de aprendizado, mantém os alunos na escola, que é o nosso grande objetivo.”

Os alunos do Centro de Ensino Fundamental 1 do Cruzeiro estão animados para a próxima competição. Eles foram ganhadores do prêmio de melhor abordagem do tema Água e Saúde: uma agenda para a vida na segunda edição do festival, em maio de 2016.

Vinicius Kauan Alves, de 14 anos, roteirista do grupo vencedor, se sente orgulhoso e diz já estar planejando o próximo filme. “Se a gente corre atrás pelos nossos sonhos, a gente consegue o que quer”, completa o estudante.