Visualização da Noticia

Funap lança projeto para doação de roupas a reeducandos

Iniciativa vai começar nesta quinta-feira (15) e tem o objetivo de apoiar sentenciados do semiaberto no ingresso ao mercado de trabalho 

 

Pelo menos 1,2 mil detidos, que cumprem pena em regime semiaberto, trabalham atualmente fora dos presídios. Para resgatar a autoestima deles e contribuir nesse processo de ressocialização, a Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap) lançará nesta quinta-feira (16), às 10h, na sede da instituição, o projeto “Borboleta”. A iniciativa consiste na busca por doações de peças de roupa para que eles se apresentem nos locais de trabalho.

 

Para isso, a Funap vai iniciar campanhas de sensibilização em órgãos públicos e também abrir espaço para que a população possa ajudar. Os interessados podem ligar no telefone (61) 3323- 8215. Essa participação contribui para que os reeducandos, como são chamados os presos que estão sendo ressocializados, sintam-se acolhidos, na visão do diretor-executivo da Funap. “Quando os reeeducandos chegam até a Funap, muitos não possuem sequer uma vestimenta para ir ao local de trabalho, não tem família e nem apoio. Nossa intenção é melhorar esta realidade”.

 

O projeto foi desenvolvido pelo setor psicossocial da Fundação e surgiu a partir da observação diária das vulnerabilidades dos sentenciados que saíam do encarceramento e regressavam à sociedade para trabalhar. “É um momento de mudança, de empoderamento, de sair para restaurar seus vínculos. [Com essa iniciativa] eles reencontram a beleza e a autoestima perdida”, explica a gerente da Funap e idealizadora do projeto, Sara Tardin.

 

Trabalho

Os 1,2 mil reeducantos prestam serviço remunerado a 67 empresas públicas e privadas no Distrito Federal que têm contrato junto à Funap. Além da remuneração, para cada três dias de trabalho o sentenciado tem o desconto de um dia de pena.

 

Serviço:

Assunto: Lançamento “Projeto Borboleta”

Data: Quinta-feira, 16 de março de 2017

Local: Sede da Funap - SIA Trecho 02 Lotes 1835/1845 1º Andar



 

Acompanhe a #SSPDF nas redes sociais: