Visualização da Noticia

CEU das Artes ganha espaço Criança Candanga

O segundo espaço Criança Candanga inaugurado pelo Brasília Cidadã começa a funcionar a partir de hoje (31), na biblioteca do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU das Artes) do Recanto das Emas, localizado na Quadra 113, lote 9.

A abertura do espaço foi em clima de festa. Cerca de 200 alunos de escolas públicas da cidade estiveram presentes e brincaram no pula-pula, tiveram aula de street dance com o grupo Cia. Pegada Black, oficina de DJ e de pintura em tela. Além disso, assistiram à apresentação de teatro do grupo CEU das Artes e a exposição  de quadros pintados por alunos da Escola Classe 113. Durante todo o evento, os alunos formados na oficina de DJ do CEU mandaram uma remixagem de qualidade e agitaram toda a criançada.  

O espaço recém-inaugurado tem o intuito de fomentar, em conjunto com o Governo de Brasília, a participação da sociedade, em especial das famílias e comunidades, para dialogar, respeitar e proteger as crianças e os adolescentes, considerando suas necessidades e contextos de vida.

O secretário adjunto de Política para as Crianças, Antônio Carlos Carvalho, explicou que o CEU é um espaço para as crianças  brincarem e que agora o local ganhou um novo espaço. Só que esse é destinado para as crianças conhecerem mais dos seus direitos e, logicamente, brincando.

A secretária de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Márcia de Alencar, durante o discurso de inauguração, disse que trabalhar para vocês (crianças) é extremamente importante para nós autoridades, porque vocês são um presente do futuro. E continuou para afirmar que os jovens têm o direito de ocuparem o espaço para fazer esporte, cultura, arte e lazer e para aprendizado sobre direitos.

Afinal, dissse, o Brasilia Cidadã traz a comunidade para perto do Governo, e todas as políticas do governo são em conjunto para transformar Brasília cada vez mais em uma Brasília mais Cidadã.

Recanto das Emas, segundo a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílio feita pela CODEPLAN em 2015/2016, possui 145.304 habitantes, sendo que 21% deste total são de crianças na faixa de zero a 14 anos. “Por isso é relevante a criação do espaço Criança Candanga na região e, principalmente, no CEU”, ressaltou o Subsecretário de Direitos Humanos, Rodrigo Dias. A unidade da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos em parceria com outras secretarias atende crianças e adolescentes da comunidade desde o ano passado, quando foi inaugurado.  Já o Programa Brasília Cidadã tem as crianças e adolescentes como prioridades nas políticas públicas do Distrito Federal.

 

Por: Camila Piacesi