Visualização da Noticia

Vizinhança se une para revitalizar praça abandonada em Planaltina

Após um dia dedicado ao trabalho em conjunto, moradores transformam o local em espaço de lazer para a criançada, com brinquedos criativos e plantio de mudas

postado em 11/02/2017 07:00

A comunidade de uma quadra de Planaltina teve a oportunidade de participar de uma transformação na região onde mora. O que era apenas uma área abandonada virou um espaço de lazer para crianças, cheio de cor e vida. A iniciativa começou na manhã de ontem e terminou com a garotada brincando no local em que os moradores ajudaram a construir. A revitalização faz parte do Programa Cidades Limpas (leia Para saber mais), da Secretaria das Cidades, e contou com o apoio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab). Em duas semanas, Planaltina recebeu ações de tapa-buraco, troca de lâmpadas, recolhimento de entulho e visitação nas casas para combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika e chicungunha.

 

Nessa sexta-feira, a ideia foi convidar a vizinhança para participar de mudanças no bairro Nova Planaltina. A aposentada Maria Neide, 46 anos, gostou de colocar a mão na massa para transformar o próprio endereço. Ela plantou algumas mudas de árvore. Para ela, a ação também ensina as crianças a se conscientizarem em relação ao meio ambiente. “Essa era uma área que estava vazia. Então, espero que, quando a administração sair (acabar o trabalho), cada morador também faça a sua parte. Eu moro logo na frente. Vou cobrar deles também”, conta.

 

 

E não foi só adulto que colaborou. Rayane e Ana Carla, de 12 e 8 anos, chegaram ao local no fim da manhã e se apressaram para ajudar. Elas contribuíram pintando os pneus deixados na grama. Com as mãos sujas de tinta, as duas tentaram colorir os objetos com cores diferentes. Depois, usarão o espaço para brincar. “É muito divertido pintar aqui”, empolgou-se a mais nova.

 

O ambientalista Ilton Correa, 49, conhecido como Jamaika, também participou como voluntário. Ele e o amigo Nelson Rodrigues, 42, fizeram arte com os pneus, transformando-os em xícaras, jardineiras, tudo para dar um toque de criatividade no ambiente. “Fizemos aqui um trabalho com algumas peças nossas, e elas (crianças) pintaram, fizeram flores. Tem uma menina que colocou o nome dela, eles adoraram”, contou Jamaika.

 

De acordo com Nelson, eles conseguiram os pneus por meio de doações de borracharias, que, às vezes, não têm pontos de descarte. A tinta também foi doada por alguns moradores da região. “Todo o nosso trabalho é voluntário. É para mostrar para a população e para as autoridades que os pneus têm solução. A maioria do lixo que é jogado fora não precisa ser desperdiçada”, afirmou.

Arquitetos

 

O subsecretário das Cidades, Manoel Alexandre, reforça que o objetivo do projeto é aproximar a população da região em que vive, além de aumentar o envolvimento de quem usa e conserva o espaço público. Com isso, aproveita-se melhor o ambiente. “A ideia é multiplicar em outras cidades do DF e treinar a administração para que eles próprios descubram esses espaços e façam esse movimento”, explicou Manoel.

 

Foi a parceria entre o projeto Cidades Limpas e o Ações urbanas comunitárias, da Codhab, que resultaram na ação na quadra de Nova Planaltina. Para o gerente de Obras e Projetos de Assistência Técnica do órgão, Luiz Sarmento, o evento reúne arquitetos que se propõem a estudar alguma área para melhorá-la. “É como um SUS da arquitetura, ou seja, a gente leva o conhecimento técnico para ajudar o desenvolvimento urbano para pessoas que não podem pagar”, detalhou Luiz.

 Foto: Ilton Correa, o Jamaika (D), e Nelson Rodrigues deram um toque de criatividade na instalação dos pneus